Instituto de Estudos e Pesquisas para o Fortalecimento da Democracia – IEPD, tem como missão a produção, disseminação de conhecimentos e ações voltadas para o enraizamento dos valores da democracia  na cultura política da sociedade, aperfeiçoando e fortalecendo os regimes políticos democráticos.

Instituto tem o foco nas variáveis que vêm moldando o futuro das democracias, como a globalização, as sociedades multiétnicas, as mídias sociais, o meio ambiente e a sustentabilidade, as desigualdades, a concentração do capital financeiro, os avanços tecnológicos e seus impactos na sociedade. Estes são pressupostos das suas pesquisas, debates, cursos, seminários e mobilizações cívicas.

Entende que a percepção da história recente, tanto das democracias sólidas e seculares como das emergentes na terceira onda, a partir de 1974, com a Revolução dos Cravos em Portugal, assim como das nações que emergiram com o fim da União Soviética, devem ser colocadas como importantes referências históricas e empíricas para as pesquisas, debates, cursos e seminários a serem desenvolvidos pelo Instituto.

Neste contexto, é imperativo a análise e compreensão dos obstáculos e desafios estruturais, como a desigualdade econômica e social, a intolerância, a radicalização ideológica, o nacionalismo excludente, os avanços e retrocessos de regimes que fizeram a transição para a democracia, pois são heranças recentes que moldam e comprometem os futuros avanços das sociedades democráticas.

Compreendemos que há uma urgência que se sobrepõe a todas as outras: parar os movimentos de ameaça à democracia, para isso é fundamental entender em que consiste estas ameaças e quais os seus fundamentos psíquicos, sociológicos e ideológicos e culturais – identificando os padrões e estratégias de líderes autoritários que formam hoje o contingente de nações que corroeram a democracia por dentro, transformando-as em regimes autoritários.

Democracia é o supremo esforço civilizatório contra as pulsões da barbárie, que indeléveis habitam em cada ser humano.

Recife, 22 de julho de 2020

Os sócios fundadores.

DIRETORIA

João José do Rego Neto – Presidente
Aécio Marcos de Medeiros Gomes de Matos – 1º Vice-presidente
Elimar Pinheiro do Nascimento – 2º Vice-presidente
Elba de Moraes Pinheiro Rego – Diretora Financeira
Tarcisio Patricio de Araujo – Diretor Administrativo
João Crisóstomo Grillo Salles – Diretor de Projetos

FUNDADORES

Aécio Marcos de Medeiros Gomes de Matos – Engenheiro

Alcides Niceas Pires – Economista e empresário

Clemente Rosas Ribeiro – Advogado

Clóvis de Vasconcelos Cavalcanti – Economista

Cristovam Ricardo Cavalcanti Buarque – Engenheiro

Elba de Moraes Pinheiro Rego – Engenheira e empresária

Elimar Pinheiro do Nascimento – Sociólogo

Francisco de Assis Rocha – Advogado

Gustavo Krause Gonçalves Sobrinho – Advogado

João Crisóstomo Grillo Salles – Economista

João José do Rego Neto – Engenheiro e cientista político

José Arlindo Soares – Sociólogo

José Paulo Cavalcanti Filho – Advogado

Luiz Otávio de Melo Cavalcanti – Advogado

Luiz Sérgio do Nascimento Henriques – Tradutor e ensaísta

Raul Jean Louis Henry Júnior – Economista

Sebastião Jorge Jatobá Bezerra dos Santos – Economista

Sérgio José Cavalcanti Buarque – Economista

Tarcisio Patricio de Araujo – Economista

Tibério Canuto de Queiroz Portela – Jornalista